Coração: no mês de Maio e no Desporto!

img01A Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC) institucionalizou o mês de maio como o “Mês do Coração”, a pensar na sensibilização dos cidadãos para a problemática das doenças cardiovasculares e para a imperatividade de prevenir o seu aparecimento através de hábitos saudáveis. Por isso, todos os anos incide sobre um determinado tema para reforçar este trabalho de sensibilização. Assim, este ano a Fundação Portuguesa de Cardiologia dedica “Maio, Mês do Coração” ao “Coração no Desporto”.

 

Segundo o Portal de Saúde, as doenças cardiovasculares continuam a ser a principal causa de mortalidade na população portuguesa, à semelhança do que acontece com outros países europeus.

 

O papel do exercício físico na prevenção das doenças cardiovasculares é unanimemente reconhecido. Mas, para alguém que sofra de doença cardiovascular, a atividade física regular continua a ter um papel essencial, fazendo parte de uma terapêutica multifacetada - que inclui a cessação tabágica, redução dos níveis de colesterol, manutenção do peso e controlo da tensão arterial.

 

Benefícios do exercício físico

O exercício físico apresenta inúmeros benefícios para quem tem doença cardiovascular:

  • Reduz a tensão arterial e o colesterol;

  • Melhora a capacidade de absorver e utilizar o oxigénio;

  • Aumenta os níveis de energia e diminui o cansaço;

  • Melhora a qualidade do sono;

  • Pode reduzir os sintomas de insuficiência cardíaca congestiva;

  • Ajuda a pessoa a atingir e/ou manter um peso saudável;

  • Ajuda a controlar o stress.

 

 Cuidados a ter

  • Não iniciar a prática de exercício físico sem aconselhamento médico;

  • Aquecer sempre antes de iniciar o treino e fazer alongamentos no final;

  • Começar gradualmente, aumentando pouco a pouco a duração do treino a cada semana que passa;

  • Não fazer exercício físico logo a seguir às refeições - esperar pelo menos 60 minutos;

  • Evitar fazer exercício físico ao ar livre quando a temperatura está muito elevada ou muito baixa. As temperaturas extremas podem afetar a circulação sanguínea e dificultam a respiração;

  • Hidratar (beber líquidos).

 

Sinais de alarme

Parar de fazer exercício físico imediatamente perante:

  • Dor no peito;

  • Fraqueza;

  • Tonturas ou sensação de desmaio;

  • Pressão ou dor no peito, pescoço, braço, mandíbula ou ombro.

 

Mantenha uma actividade física regular. Maio já chegou. Comece agora e mantenha o seu coração saudável todos os meses do ano. 

Scroll to Top